domingo, 21 de setembro de 2014

O vento mudou

Dilma cresce, Marina cai.


Apesar de todo o empenho da mídia rentista (Globo, Folha, etc) para inflar Marina, o povo brasileiro dá mostras de que começa a não acreditar mais nas mentiras dessa carcomídia.

Dilma está crescendo em todo o Brasil. Destaque para o segundo maior colégio eleitoral do país, Minas Gerais, onde a presidenta disparou e está 20 pontos à frente de Aécio Neves.

Nosso sistema eleitoral é bastante falho. Não há um verdadeiro debate nacional com TODOS os eleitores sobre as propostas de cada candidato. O povo tem que tentar analisar as propostas que, muitas vezes, não entende.

O fato é que, dia após dia, Dilma cresce continuamente e Marina cai. Nos últimos dias, a queda da candidata dos banqueiros se acelerou. Acabou o efeito do trauma resultante do acidente (?) que matou Eduardo Campos.

Marina Itaú (*), esperta, não explicita suas propostas pois, se o fizesse, seria banida da vida política pelos eleitores. Acenou com "atualização" nas leis trabalhistas. Mas depois voltou atrás e disse que só vai detalhar essas mudanças depois das eleições (!!), ou seja, o eleitor teria uma surpresa tipo Kinder Ovo, se ela fosse eleita.

Além disso, Marina Itaú já disse que vai limitar o papel dos bancos públicos no crédito. Isso é música para os ouvidos dos banqueiros. Lembremo-nos que, nas crises, os bancos privados cortam crédito, tornando os desastres econômicos ainda piores. Aconteceu exatamente isso na Europa.

Sobre o casamento igualitário, Marina simplesmente voltou atrás depois de dois ou três tuítes do famigerado Malafaia. O imposto sobre grandes fortunas já sumiu rapidamente de sua agenda. Durou apenas 24 horas.

Marina também já avisou que vai rever a lei contra o trabalho escravo, aprovada a duras penas no Congresso, contra o voto da bancada do agronegócio. Os latifundiários pularam de alegria.

Este blog, como é óbvio, defende a candidatura de Dilma Roussef à reeleição, para que o Brasil continue avançando. Sob os governos petistas, esse avanço tem sido lento, mas constante. Por enquanto, é possível distribuir renda e promover justiça social ainda sob os marcos do capitalismo. Inevitavelmente, virá o dia em que o capital financeiro tentará dar um basta a isso. Nesse dia, o povo precisa estar organizado e preparado para, quem sabe, trocar o sistema econômico por outro mais igualitário. Essa decisão cabe ao povo. Cabe às lideranças informar ao povo que esse momento virá.

____________________
Este blog se reserva o direito de chamar a candidata de Marina Itaú. Nunca antes um candidato a presidente teve um banqueiro (Neca Setúbal) como COORDENADOR de seu programa de governo.

sábado, 6 de setembro de 2014

A luta de classes EXISTE!

Não há terceira via. Há luta de classes!




Certas opiniões emitidas por intelectuais de classe média não se apoiam no mundo real. Uma delas é aquela velha cantilena de que "estou cansado dessa polarização entre PT e PSDB".

A tal "terceira via", que iria encerrar essa polarização, apareceu: Marina. E o que ocorreu é que ela tomou o lugar do PSDB como representante dos banqueiros, rentistas e latifundiários.

É natural que seja assim, pois a luta de classes EXISTE, apesar de alguns fingirem que não. O PT, mesmo com todas as suas vacilações, representa a classe trabalhadora. Os 12 anos de Lula e Dilma promoveram uma transformação enorme, tirando milhões da miséria e melhorando a distribuição de renda, ainda que sob os marcos do capitalismo.

Marina, ao ser alçada a candidata à presidência, com a morte de Eduardo Campos, tornou-se imediatamente porta-voz do atraso. Deixou de ser a tão decantada "terceira via" e passou a defender o atraso, tomando o lugar do PSDB (o qual caminha para a extinção).

A relação de Marina com o banco Itaú é escandalosa. O banco Itaú não está apenas apoiando Marina. Ele está COORDENANDO sua candidatura, acintosamente. O que seria um escândalo em países com maior tradição democrática, aqui parece ser encarado de maneira natural.

É preciso que denunciemos essa candidatura dos banqueiros, não só nas redes sociais, mas como entre nossos amigos e familiares. Os banqueiros não estão interessados no Brasil, mas apenas em seus lucros. A grave crise na Europa jogou milhões de pessoas na miséria enquanto os banqueiros se locupletam.

Os institutos de pesquisa falsificam seus dados, certos de estarem protegidos pela "justiça" e pelo ministério "público", os quais não passam de braços da elite. Veja-se exemplo disso neste post do site Conversa Afiada.

Dilma tem todas as condições de vencer, até mesmo no primeiro turno. Cabe à nós, militantes, fazer nossa parte.


quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Crise da água em São Paulo

Sabesp priorizou o lucro dos investidores

Via Escrevinhador


Aqui temos os argumentos claros sobre as causas da crise da água em São Paulo. É tudo o que a Globo NÃO quer que você saiba.





sábado, 2 de agosto de 2014

Sabesp e Petrobras

O capitalismo enlouqueceu

   
   


site de origem da imagem
A Sabesp, principal companhia de abastecimento de água de SP, tem ações na bolsa de Nova York. A Petrobras, maior empresa de petróleo da América Latina, também.

A Petrobras está investindo pesado no pré-sal, um tesouro que vale, no mínimo, R$ 2 TRILHÕES. E as ações da empresa caíram fortemente. A Sabesp, que não investiu um centavo para prevenir o desastre humano e ambiental que se avizinha, agora é que começa a ter o valor de suas ações caindo ligeiramente.

Como vimos no post anterior, a oposição e os "especialistas" da mídia chegaram a afirmar que não existe pré-sal, é tudo uma invenção do PT. Essa mesma mídia esconde o colapso de abastecimento de água em SP.

A Sabesp é valorizada pelos "investidores". A Petrobras é desvalorizada. Esses "investidores" não passam de especuladores. Eles não querem enxergar um palmo adiante do nariz. Querem apenas os dividendos, agora, já, pra ontem. Não querem entender que o investimento da Petrobras retornará multiplicado por um milhão.

No caso da Sabesp, não se preocuparam com a falta de investimentos em infraestrutura. Deixaram as coisas por conta do amigão Alckmin, que NÃO FEZ NADA, ou seja, exatamente como os "investidores" queriam.

Os capitalistas já não são empreendedores entusiasmados que desejam ver a sua empresa prosperar. Eles são apenas donos de ações, e estão se lixando para a empresa na qual, supostamente, investiram. Eles deixaram de ser capitalistas. São apenas miasmas, que precisam sugar sua energia das empresas na qual se grudam.




sábado, 5 de julho de 2014

Teste de lucidez mental

Você é um hipnotizado pelo PIG?

Faça o teste aqui para saber se você é um dos que estão em transe hipnótico provocado pelo Partido da Imprensa Golpista, o PIG, o qual inclui Globo, Folha, Veja, Estadão e outros. Em cada item, assinale as alternativas com as quais mais se identifica.

1) PRÉ-SAL

(   )  Não existe pré-sal, é tudo uma invenção do PT.

(   ) Sim, existe o pré-sal, e já está rendendo 500 mil barris DIÁRIOS à Petrobras.

O PIG tentou, por meses a fio, incutir na cabeça dos brasileiros que o pré-sal era uma mentira. Veja alguns exemplos dessa tentativa de manipulação:

Leia mais sobre isso neste post do Blog da Cidadania
2) COPA

(   ) a Copa será um caos. Nada funcionará, os aeroportos ficarão caóticos, os estádios não ficarão prontos, ou desabarão, milhões de mascarados farão manifestações gigantescas e o Brasil passará vergonha.

(   ) a Copa será considerada, pela mídia internacional, uma das mais bem organizadas da História. A Copa será um EXCELENTE divulgador do Brasil, de seu povo e de seu desenvolvimento.

Pois é, se você acreditou na primeira alternativa e depois ficou surpreso por ela não se tornar realidade, você é um hipnotizado pela plim-plim.


Leia mais aqui.

3) Transposição do Rio São Francisco


(   ) não existe transposição nenhuma, é tudo marketing dos petralhas.

(   ) a transposição já está em processo de conclusão. Cerca de 55% das obras já estão concluídas e grandes trechos JÁ ESTÃO FUNCIONANDO, levando água a agricultores do semi-árido nordestino.

O PIG odeia o Nordeste. Por isso, torce contra a transposição. E, além disso, esconde as notícias sobre ela. Saiba mais aqui: http://meublogdepolitica.wordpress.com/2014/03/13/transposicao-do-rio-sao-francisco-andamento-das-obras/

4) Questão da moradia no Brasil



(   ) há uma bolha imobiliária no Brasil que vai explodir e o país afundará.

(   ) não há bolha imobiliária porque a lei brasileira exige que o comprador pague 30% DO VALOR à vista. O resultado é que o comprador faz de tudo para honrar as prestações, pois há muito dinheiro seu investido naquele imóvel.

A inadimplência de prestações de imóveis é baixíssima justamente por causa disso. Além do mais, o Programa Minha Casa Minha Vida está reduzindo drasticamente o deficit imobiliário. O preço dos imóveis, por isso, está caindo gradualmente (lei da oferta e da procura) e a tendência é o mercado de imóveis se manter estabilizando. Ainda mais porque os brasileiros estão tendo cada vez menos filhos. O último censo do IBGE mostrou que a média atual é 1,9 filho por casal. Isso contribui fortemente para que a pressão sobre os preços dos imóveis seja cada vez menor.

                                     

Repito, se você é um dos que ficou surpreso com a boa organização da Copa, precisa reavaliar suas fontes de informação.


A hipocrisia de nossa elite/mídia

Vai ter Copa



A hipocrisia de nossa elite / mídia é gigantesca. As mesmas pessoas que fizeram campanha contra a Copa são fotografadas alegres e saltitantes... festejando a Copa.





domingo, 23 de fevereiro de 2014

rumos da América Latina

Capitalismo, golpes e black-blocs





Na quinta-feira, 21 de fevereiro último, em Porto Alegre, manifestantes que supostamente protestavam por questões ligadas ao transporte público picharam a sede do PT com a expressão "Dilma=Maduro", como se pode ver na imagem.

Eles não poderiam ter sido mais didáticos. Esses "manifestantes", ligados aos mascarados "black-blocs", agem em sintonia com a direita mais retrógrada.

Os mascarados foram peça fundamental na tentativa frustrada de golpe de estado que ocorreu nesta semana na Venezuela. Lá, os partidários do governo não têm as dúvidas existenciais que a esquerda brasileira tem. Na Venezuela, todos perceberam claramente de que lado estavam os "black-blocs": do lado de Washington.

Parte da esquerda brasileira (PSTU, PCO, PSOL e outros nanicos) simpatiza com os mascarados e participa de "manifestações" junto com eles. Não entenderam a realidade: assim como as "marchas da família com Deus" ostentavam faixas tecendo loas à democracia, também os mascarados falam de "democracia", "verbas para Educação", etc. Mas o fato CONCRETO é que fortalecem o golpe de estado em preparação.

O capitalismo, em sua fase imperialista, é como um vampiro que precisa sugar as riquezas e os recursos dos países periféricos para sobreviver. A América Latina (Nuestra America) é governada majoritariamente por forças de centro-esquerda que rejeitam a submissão a Washington. E são governos que gozam da simpatia da população. O imperialismo precisa, então, construir condições para que esses governos sejam enfraquecidos e possam, assim, ser derrubados.

Uma das formas "modernas" de golpismo é o que utiliza o poder judiciário (o mais corrupto dos três poderes) para "legalizar" o golpe. Foi o que houve no Paraguai e em Honduras. No Brasil, não falta vontade aos nossos "juízes" para servir de ferramenta para um golpe. Faltam as condições. Aí é que entram os black-blocs. Explico.

O pode judiciário brasileiro conseguiu colocar na cadeia dois ex-presidentes do PT: José Genoino e José Dirceu. Foi a farsa do "mentirão", como a chamou Hildegard Angel. Tratou-se de ação coordenada com a mídia golpista (o PIG, Partido da Imprensa Golpista). A meta era, desde o início, tirar o PT do governo. Em 2005, houve inclusive um movimento pelo impeachment de Lula, mas não foi adiante justamente por falta de condições.

Em 2012, o teatro encenado mirou nas eleições para prefeito. A direita não queria que o PT se saísse bem nessas eleições. O procurador tucano Gurgel chegou a dar entrevistas reconhecendo que torcia para que a Ação Penal 470 (o mentirão) influenciasse as eleições. Não deu. O PT elegeu o prefeito de São Paulo, de São José dos Campos e de outras cidades populosas do Brasil. O PT cresceu eleitoralmente.

Ficou claro para as forças da direita que o mentirão, sozinho, não tinha força suficiente para recolocar a direita no governo federal. Foi então que, "espontaneamente", em junho de 2013, surgiram os mascarados, quebrando, destruindo e vandalizando. A classe média alta adorou e saiu às ruas contra-tudo-isso-que-está-aí. Na verdade, contra o PT.

Até que deu certo, no início. A popularidade de Dilma despencou, e a oposição se assanhou. "Agora vamos tirar 'esta raça' do governo", pensaram eles. Certamente que muitos líderes da direita já anteviam a possibilidade de que o caos se ampliasse e que Dilma sofresse impeachment. Joaquim Barbosa certamente se prestaria a esse papel.

Então, é uma jogada combinada: lá em cima, Barbosa prende e arrebenta o PT. Cá embaixo, os mascarados arrebentam pontos de ônibus, queimam fuscas e atiram rojões assassinos. É, mas não deu, de novo. Na Ucrânia deu certo: o governo acaba de cair. No Egito, deu certo: a ditadura foi de novo implantada. Mas na Venezuela e no Brasil, os mascarados foram derrotados. Pelo menos até agora.

Só que Washington não descansa. Os EUA precisam, desesperadamente, que a América Latina volte a ser seu quintal dos fundos, como é o México. Certamente, os protestos contra a Copa vão recrudescer, Joaquim vai continuar violentando a Constituição e a mídia golpista continuará espalhando seu terrorismo, alardeando que a inflação está descontrolada, a Petrobras falida e as contas públicas estouradas.

O PT, de seu lado, age como o que sempre foi: um partido centrista. O partido errou feio ao não denunciar a farsa do mentirão, desde o início. Felizmente, os militantes petistas estão bem à esquerda da direção. As "vaquinhas" de apoio aos condenados da AP470 fizeram o que o PT não teve a decência de fazer: mostrar que trata-se de um linchamento, uma farsa.

Como sempre é dito neste espaço, o capitalismo não tem mais condições de produzir evolução da humanidade. Os governos de centro-esquerda do Continente estão conseguindo, por enquanto, distribuir renda, criar empregos e reduzir a desigualdade, ainda sob os marcos do capitalismo. Mas isso é um momento fugaz. É temporário. Como a ONU já constatou, nos últimos anos reduziram-se os empregos no mundo, assim como aumentou a miséria. Mais cedo ou mais tarde os povos de Nuestra America terão que fazer a opção: continuar sob capitalismo e ver suas conquistas sendo destruídas ou trocar o capitalismo por um sistema econômico mais equânime, o socialismo.

Há uma pressão enorme das forças econômicas, principalmente banqueiros e rentistas, para que a crise consiga entrar no Brasil e em nossos vizinhos. Na Europa, o povo tem comido o pão que o deus mercado amassou. Mas os ricos ficaram mais ricos. O que nós chamamos de crise, a elite chama de solução. Não é à toa que o economista do Itaú disse que a "solução" para a economia brasileira é aumentar o desemprego, é "demitir mesmo", como ele fez questão de afirmar. Vale repetir: para nós é crise, para eles é solução. Isso se chama luta de classes.

Sim, Dilma=Maduro. Brasil e Venezuela são países-chave no Continente. Um golpe vitorioso contra Dilma ou Maduro colocaria em risco todos os governos progressistas da região. Na luta de classes, os black-blocs ocuparam seu lugar ao lado das forças de direita. Cabe às organizações populares, aos sindicatos e associações ocupar também seu lugar. Só com a força organizada dos trabalhadores poderemos derrotar o golpe.




domingo, 9 de fevereiro de 2014

terrorismo midiático



Os urubus continuam torcendo contra o Brasil


Reproduzo aqui comentário que fiz num post do Blog da Cidadania:


1) Há uma enorme desonestidade intelectual em batizar de "apagão" o que é, na verdade, blecaute.

Apagão foi o desastre que ocorreu no desgoverno FHC: não havia energia para todos, por falta de planejamento. O resultado foi um racionamento que durou QUASE UM ANO e custou ao Brasil um prejuízo de, no mínimo, R$ 45 BILHÕES. Dar a um blecaute parcial, de poucas horas, O MESMO NOME dado à catástrofe produzida por FHC (APAGÃO) é pura má fé.

Empregos foram perdidos, pois a indústria não podia deixar todas as máquinas ligadas, sob risco de multa e corte de energia. Investimentos foram cancelados. O Brasil ficou muito mal visto pelos outros países. Ficamos com a imagem de um país em que não há seriedade no governo.

Repito, foi pura falta de planejamento. Na época, José Siemens Serra era ministro... do planejamento.

2) Se formos ao site do Operador Nacional do Sistema (www.ons.org.br), logo na primeira página, na parte de baixo, há um resumo da situação dos reservatórios para as regiões brasileiras (Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte:
JANEIRO DE 2014
SE/CO.............39,21%
S......................53,94%
NE...................42,80%
N......................65,03%
Situação bem mais confortável do que em janeiro do ano passado:

JANEIRO DE 2013
SE/CO..............31,49%
S.......................49,05%
NE....................29,59%
N.......................42,98%

Portanto, como mostra o post, trata-se de uma crise inventada pela mídia tucana.

De qualquer forma, o blecaute de anteontem não poderá ser usado pela mídia tucana como arma contra o governo Dilma. Isso por um fato: uma das duas falhas foi de linha de transmissão controlada pela CEMIG, que é empresa estadual de Minas Gerais, cujo governo é tucano. Então, a carcomídia tratará de mudar de assunto rapidinho, para não prejudicar a candidatura do Menino do Rio (aquele do helicóptero do pó).
http://www.ons.org.br/download/sala_imprensa/notacomplementaraimprensa_04022014.pdf

A crise VERDADEIRA, que a carcomídia ainda não sabe como abafar, é o provável RACIONAMENTO de água no estado de São Paulo, provocado por pura falta de planejamento da Sabesp. Portanto a culpa é de Geraldo Alstom.
http://www.rodrigovianna.com.br/geral/sabesp-nao-faz-investimentos-necessarios-para-garantir-abastecimento-de-agua.html

Outra crise VERDADEIRA é do metrô e dos trens da CPTM. O desvio de centenas de milhões de reais resultou no sucateamento dos trens e até do sistema. Viajar de metrô é um risco. O sindicato adverte que uma tragédia pode ocorrer.
http://www.viomundo.com.br/denuncias/trem-que-deu-origem-a-pane-e-de-frota-reformada-do-metro-diz-presidente-de-sindicato.html

E os tucanos ainda posam de administradores!